Monday, 24 de February de 2014

Uma abordagem holística para manutenção na aviação civil, uma maneira de aumentar seus lucros?

Uma recente pesquisa da US Airways e consultoria Oliver Wyman, publicada pelo The Wall Street Journal,  sobre como as companhias aéreas investem  o dinheiro proveniente da passagem de cada cliente, revelou que há pouco espaço para o lucro considerando-se custos relativamente fixos como  impostos , salários e combustível , entre outros.  A manutenção, por outro lado, é uma área onde a tecnologia pode ser usada para otimizar as operações e ajudar a aumentar os lucros das empresas.  Espen Olsen, Business Development & Sales Director do centro de excelência Aéreo e Defesa da IFS lança um olhar sobre o impacto que uma abordagem integrada de Gerenciamento de Serviços e Manutenção Complexa, conhecido como MRO -  Maintenance, Repair and Overhaul (MRO) pode ter sobre o lucro total de uma companhia aérea, extraindo mais valor dos investimentos em TI , e, ao mesmo tempo, garantindo os requisitos de regulamentação e de segurança.

O mercado de aviação civil é marcado por intensa pressão e competição, com crescentes custos fixos, baixas margens de lucro, e aumento da demanda jamais vista por parte dos consumidores. Como o Wall Street Journal revelou recentemente , 99% da receita recebida por vôo pelas companhias aéreas é necessária apenas para compensar os elevados custos incorridos na operação e manutenção.

O maior custo para as companhias aéreas é o combustível , seguido por salários, que tomam 29% e 20% da receita , respectivamente. Os custos relacionados com a manutenção normalmente compõem 11 % da receita.

MRO, assegurando uma abordagem integrada
Uma área na qual as companhias aéreas podem atender às exigências de regulamentação e de segurança  e, ao mesmo tempo, reduzir suas despesas globais, é por meio da otimização das operações de manutenção.  Estatísticas mostram que os investimentos em MRO estão em ascensão –a aplicação de capital  global em MRO cresceu  5,7 % em 2012 e a expectativa é que aumente a uma taxa anual de 3,3% até 2022 (TeamSAI ) .

A manutenção envolve cotação, planejamento e execução , gerenciamento de configuração , logística da cadeia de suprimentos , controle de custos e faturamento. Se as empresas adotarem uma abordagem mais integrada para manutenção, que contemple toda a empresa, poderão começar a notar custos operacionais e de inventário mais baixos, bem como uma gestão eficiente da força de trabalho, finanças , RH e, é claro, um aumento da inteligência de negócios.

Ao garantir uma abordagem mais holística para as operações de manutenção , é possível conquistar melhores resultados com os investimentos em TI.  De acordo com os cálculos, se o operador conseguir reduzir os custos de manutenção em  aproximadamente 10% na operação,  pode chegar a lucros duplicados.

Benefícios da redução dos custos de manutenção
Muitos operadores atualmente e historicamente usam soluções pontuais que surgiram a partir de iniciativas específicas - por exemplo, uma solução de Manutenção de Linha para o gerenciamento de frota de aeronaves, outra para Manutenção Pesada (como MRO), para  gestão de fornecedor de Publicações Técnicas e finalmente um fornecedor para uma solução de Supply Chain e engajamento contratual com os principais fornecedores.

Soluções empresariais não precisam significar abordagens complexas  e monolíticas. Modernas soluções são integradas com toda a empresa e já estão  disponíveis com funcionalidades especificamente desenvolvidas para o mercado de aviação civil, sendo estas passíveis de serem  implementadas dentro de uma estratégia única.

 Tais soluções são modulares , o que significa que podem ser implementadas em um ritmo adequado às mudança dos negócios, alinhadas ao desenvolvimento da linha aérea, aos planos de expansão e operacionais. Com isso, garante-se a integração com sistemas legados sem o rompimento anteriormente verificado, quando se utilizava sistemas ERPs monolíticos. E para  tirar o máximo de proveito da eficiência da unidade de manutenção, tais soluções são totalmente integradas às operações de negócios como RH e Finanças, proporcionando uma solução completa e gerenciável de ponta a ponta.

Em tais cenários, a complexidade é reduzida minimizando qualquer ineficiência e proporcionado ganhos significativos de produtividade. A expectativa é que a consolidação  reduza o custo total operacional ( TCO), e muitos serão beneficiados com investimentos no setor e redução de riscos para companhias aéreas. Isso pode proporcionar reduções de custos operacionais, através da eficiência do processo de uma ponta a outra, com processos gerais de manutenção significativamente simplificados, com benefícios de eficiência associados .

Os benefícios adicionais incluem uma única estratégia móvel e robusta  de ponta a ponta e uma  plataforma de arquitetura que entrega disponibilidade de dados imediatamente em toda a empresa, o que é crítico em um ambiente marcado pela rápida evolução como a aviação civil.

Um caso de sucesso
Essas soluções de “nova geração” já vêm sendo utilizadas por empresas aéreas líderes, que reconhecem a importância da eficiência da manutenção para o lucro global . Se tomarmos a área-chave do Engine MRO , a solução IFS MRO está em uso pela  GA Telesis ( anteriormente Finnair Technical Services) assim como pela Alitalia Maintenance Systems.

 A Emirates, uma das companhias aéreas internacionais que mais cresce no mundo, com uma das frotas mais jovens do setor, escolheu a solução holística IFS Applications 8 para gerenciar as aeronaves de seu novo hangar de 90 mil metros quadrados em Dubai. Além da forte capacidade de MRO,  a solução também proporciona Gestão de Perfomance Corporativa para garantir que a estratégia está dirigida às operações comerciais.
 
A adoção de uma abordagem holística que integra toda a empresa - desde a cotação, planejamento e execução de manutenção, até à configuração de gerenciamento da cadeia de suprimentos e logística, controle de custos e faturamento - resulta em menores custos operacionais e de inventário, bem como de gestão de força de trabalho, finanças , RH e, é claro,  o aumento da inteligência de negócios. Isto irá fornecer às companhias aéreas um real diferencial de negócio daqui para frente – garantindo que aqueles 10% de melhorias na manutenção estejam diretamente ligadas aos lucros finais da companhia aérea.

Sobre a IFS

A IFS é uma empresa de capital aberto (OMX STO: IFS), fundada em 1983 que desenvolve, fornece e implementa o IFS Applications™, um conjunto estendido de soluções de ERP, baseado em  componentes, desenvolvido com a tecnologia SOA. A IFS mantém o foco em negócios ágeis, nos quais qualquer um dos quatro principais processos é estratégico: gerenciamento de serviços e ativos, manufatura, cadeia de fornecimento e projetos. A empresa tem mais de 2.100 clientes e está presente em mais de 60 países com 2.800 funcionários no total.

Contact Information