Digital Twins

Digital Twins são representações digitais de ativos físicos, que são utilizados pela maioria das pessoas em um contexto da Internet das Coisas (IoT). Digital Twins conectam efetivamente os sensores a um aplicativo para visualizar o estado do ativo, geralmente representado por um modelo 3D, e podem ser usados para diversas finalidades e intenções.

 Para esclarecer com alguns exemplos:

  • Atualmente, os motores de aeronaves podem ser monitorados ao vivo, a bordo, para identificar riscos de segurança e a próxima manutenção, para que a equipe de manutenção esteja pronta quando a aeronave pousar.
  • Um carro de F1 é monitorado em tempo real com muitos sensores para que a equipe dos boxes possam alterar as configurações, instruir o motorista a desacelerar ou mudar seu comportamento na pista, se necessário.
  • O digital twin de um braço robótico pode ser usado por um cirurgião para realizar uma operação remota.

Obviamente, obter dados de sensores em tempo real, por exemplo, em uma sala de controle e obter recursos em modelos 3D, não é tão novo assim. Fábricas vêm fazendo isso há muitos anos e algumas até combinam isso. No entanto, tem sido difícil obter essa informação além da sala de controle.

Como você conectaria recursos remotos? Como você recebe as informações relevantes do engenheiro de serviço de campo ou do mecânico? A ascensão da IoT, a nuvem e a capacidade de computação nos permitem entrar em uma nova área de combinação de dados de sensores em tempo real e modelos 3D - é isso que se quer dizer com o Digital Twin.

A tecnologia Digital Twin adquire um ativo individual, representada em um modelo 3D digital com um sensor em tempo real com dados de manutenção. Isso poderia fornecer um grande potencial para muitas empresas.

Há duas oportunidades nessa abordagem para dar um passo adiante; estendendo nossa visão além do sensor tradicional e dados de manutenção, reconhecendo o ativo como parte de um sistema maior.